Minha placa de rede ethX (eth0, eth1, …) sumiu após instalar o Fedora 15

Você acabou de instalar o Fedora 15 e não encontra mais sua placa de rede ethX (eth0, eth1, …) no comando ifconfig?

Não há motivos para pânico, sua placa de rede deve estar sendo exibida no comando ifconfig, porém com outro nome. Isto se deve ao fato de que a partir do Fedora 15, foi implementado um novo recurso chamado Consistent Network Device Naming (Nomeação Consistente de Dispositivos de Rede) para nomear as placas de rede.

[CONTINUAR LENDO]

Anúncios

Como alterar configuração de rede automática da wireless no Gnome 3 Fedora 15

A interface padrão para configuração de redes no Gnome 3 possui um bug que não permite alterar as configurações das redes wireless automáticas, pois o botão Opções fica desabilitado.

Como alternativa podemos usar o configurador legado, o mesmo utilizado na versão anterior do Gnome.

Execute na console:

[CONTINUAR LENDO]

Como configurar o PHP com suporte Oracle no Fedora – extension oci8

Continuando a montagem do meu ambiente Fedora 15, surge a necessidade de fazer o PHP conectar no Oracle.

No meu caso, não existe a necessidade do banco de dados completo instalado em minha máquina, pois só preciso conectar-me a uma ou mais instancias Oracle de em um servidor remoto e já tenho o PHP funcionando normalmente.

Para tornar esta tarefa relativamente simples no Fedora, vamos utilizar o pacote Instant Client da Oracle.

Vejamos como isto pode ser feito:

[CONTINUAR LENDO]

Como depurar código PHP com Eclipse, PDT e XDebug

Continuando a configuração do meu Fedora 15, segue como fiz para conseguir depurar programas PHP.

Numa tacada só vamos instalar todos os programas necessários para depurar programas PHP no Eclipse usando PDT e XDebug em um ambiente recém instalado com o Fedora 15 Live CD, sem segredinhos ou pacotes extras é a instalação padrão mesmo.

Para tal execute o comando abaixo com o usuário root, que ira instalar o Eclipse, o Apache, o MySQL, o PHP com suporte ao XDebug e MySQL:

Continue lendo “Como depurar código PHP com Eclipse, PDT e XDebug”